staff
credits
weather
                           
   
   
   
   
 
Um texto aqui  Um texto aqui  Um texto aqui  
   
                           
   
   
   
   
 
Um texto aqui  Um texto aqui  Um texto aqui  
   
                           
   
   
   
   
 
Um texto aqui  Um texto aqui  Um texto aqui  
   
                           
   
   
   
   
 
Um texto aqui  Um texto aqui  Um texto aqui  
   
                           
   
   
   
   
 
Um texto aqui  Um texto aqui  Um texto aqui  
   
Gostaríamos de agradecer à alejandro88 criador da skin que foi editada para este RPG. Toda a trama, gráficos do fórum e sistemas tem direitos autorais dados aos administradores que trabalharam para construir tudo isso que é o Rises Of The Darkness hoje, cópias não serão aceitas e denunciadas, caso queiram saber como fizemos algum código ou onde pegamos nos pergunte não roube-os.

Botões por Valhalla Is Our Kigndom, não são permitidos cópias ou tirar seus créditos para uso próprio, por favor respeite as regras.

Parte de nosso contéudo foi criado pela equipe do Hogwarts Is Alive e concedido para uso deste RPG, da mesma forma, caso ocorra de roubos ou uso deste contéudo em outros RPG poderemos denunciar, plágio é crime, crie seu próprio contéudo.

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 3.0 Não Adaptada
Outubro
Max 20º Min 13º
Verão é uma das quatro estações do ano. Neste período, as temperaturas permanecem elevadas e os dias são mais longos do que os dias de outras estações. É uma época de muitas chuvas por causa do Sol.

Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por The Author em Ter Jun 23, 2015 3:53 am

Tópico de Testes
Deve postar aqui testes de códigos e gráficos, caso ocorra algum erro será consertado pela administração, caso não tenha concerto o post será apagado. Este tópico foi criado somente para uso de testes, por favor não o usar como um tópico de flood, se isto ocorrer mais de uma vez após ser advertido sofrerá punições.
avatar
Mensagens : 544
Data de inscrição : 21/06/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Barnabás Wiliamson Black em Seg Out 19, 2015 2:26 am

Teste
avatar
Mensagens : 46
Data de inscrição : 07/07/2015
Barnabás Wiliamson BlackCasa de Slytherin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Mina K. Durbtsky em Seg Out 19, 2015 6:58 am

Teste
avatar
Mensagens : 18
Data de inscrição : 19/10/2015
Idade : 42
Mina K. DurbtskyCasa de HufflePuff

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Finn Kölher O'Dochartaigh em Seg Out 19, 2015 11:15 pm

Teste
avatar
Mensagens : 22
Data de inscrição : 22/08/2015
Finn Kölher O'DochartaighProfessor de Hogwarts

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Jade H. Rahlstöm em Seg Out 19, 2015 11:18 pm

Winter is Coming
and bring our glory and power

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vivamus volutpat tortor quis fringilla consequat. Suspendisse potenti. Integer blandit eros vitae nisl placerat vulputate. In vitae condimentum diam. Vivamus non commodo ante. Morbi malesuada nulla in aliquam sollicitudin. Proin congue ullamcorper elementum. Cras venenatis diam urna, vel dictum est viverra ac.

Vivamus scelerisque felis sit amet felis tristique mattis. Fusce consectetur dolor eu faucibus consectetur. Nam placerat dictum fringilla. Donec quam lectus, congue ut sagittis quis, porttitor at dui. Praesent mattis viverra neque, in tempor augue vestibulum sed. Sed mollis tortor sed sagittis vehicula. Maecenas elementum dolor ac lacinia auctor. Aenean tincidunt augue in iaculis eleifend. Nam dapibus faucibus ligula, nec varius est consectetur ac. Sed sed mi id ipsum tempus dapibus. Donec vel urna ut nunc pharetra gravida. Fusce faucibus at mauris eu pellentesque. Duis efficitur massa nunc, nec varius arcu ultrices iaculis.

Praesent bibendum malesuada porta. Vestibulum lobortis aliquet nisl et semper. Curabitur suscipit magna non tincidunt feugiat. Nam porta pulvinar nisi, ac sollicitudin mauris porttitor sed. Morbi vitae quam et eros vulputate interdum at at ante. Nulla eu efficitur risus. Vivamus semper laoreet magna, sit amet tincidunt massa euismod id. Quisque iaculis orci purus, eget sollicitudin leo scelerisque sed. Proin quis placerat lacus, id scelerisque arcu. Suspendisse cursus eget ipsum vitae elementum.

Sed at lobortis enim. Donec semper feugiat nisl, quis laoreet elit lacinia sed. Morbi eget pretium nunc, non bibendum odio. Ut a ultricies risus, et tempor sapien. Donec id sagittis magna. Fusce elementum magna sit amet felis elementum dignissim. Nullam lacinia placerat tempus. Duis eu tortor ultricies, tincidunt leo vitae, rhoncus ipsum. Sed fringilla convallis risus, vel euismod purus imperdiet quis. Mauris posuere consequat accumsan.
Mr. Houdini
avatar
Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/10/2015
Idade : 22
Jade H. RahlstömBruxo Adulto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Balthazar Wontt Nietchsk em Seg Out 19, 2015 11:22 pm

Teste <3
avatar
Mensagens : 19
Data de inscrição : 19/10/2015
Idade : 14
Balthazar Wontt NietchskCasa de HufflePuff

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Lauren Van Houguen em Ter Out 20, 2015 12:32 am

AEEEEE
avatar
Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/10/2015
Lauren Van HouguenCrianças Bruxas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Harry Banks Townsend em Ter Out 20, 2015 1:11 am

Teste
avatar
Mensagens : 22
Data de inscrição : 20/08/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Azazel Ocean Smith em Ter Out 20, 2015 2:20 am

sleepwalking;
Time stood still, the way it did before
With: zumbis e os outros sete desse Sense8 | Citados: Alexis. | Habilidade atual: Teletransporte | Note: êee ca**

Ur eyes are swallowing me. Mirrors start to whisper, shadows start to sing. My skin's smothering me. Help me find a way to breathe. Wake up, take my hand and give me a reason to start again. Wake up, pull me out and give me a reason to start again. Time stands still (Time stands still).


avatar
Mensagens : 1
Data de inscrição : 19/10/2015
Idade : 43

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Thomas Heinrich Adler em Ter Out 20, 2015 4:32 am

Teste.
avatar
Mensagens : 29
Data de inscrição : 19/10/2015
Thomas Heinrich AdlerComerciante do Beco Diagonal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Harry Banks Townsend em Ter Out 20, 2015 11:14 pm

Teste
avatar
Mensagens : 22
Data de inscrição : 20/08/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Isaac E. Hawthorne em Qui Out 22, 2015 12:18 am

Teeeste.
avatar
Mensagens : 1
Data de inscrição : 19/10/2015
Isaac E. HawthorneFuncionário de Hogwarts

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Alexa Moscovitz Hertzog em Qui Out 22, 2015 2:05 am

Teste.
avatar
Mensagens : 3
Data de inscrição : 07/07/2015
Alexa Moscovitz HertzogFuncionário de Hogwarts

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Mary Aurora Chassagnac em Qui Out 22, 2015 3:58 am

test
avatar
Mensagens : 19
Data de inscrição : 23/08/2015
Mary Aurora ChassagnacCasa de Slytherin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Morgan L. Cunninghan em Sab Out 24, 2015 5:26 am

Something Blue
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aenean malesuada tristique lectus posuere mollis. Vestibulum ante ipsum primis in faucibus orci luctus et ultrices posuere cubilia Curae; Nulla lorem dui, bibendum eu nulla in, semper lobortis lectus. Quisque lacinia arcu consectetur blandit faucibus. Sed gravida libero in purus molestie, in dapibus sapien condimentum. Integer ac sapien quis turpis ullamcorper pellentesque viverra porta ex. Nam vel rhoncus urna, eu vulputate orci. Duis id venenatis massa. Maecenas aliquam massa eget rutrum tempus. Aenean tempor est condimentum mi sollicitudin, et aliquam quam eleifend. Aenean at dignissim ipsum. Phasellus tempor ipsum sit amet lorem pellentesque posuere. Nulla molestie vel velit pretium vulputate.

Ut sed maximus dui. Quisque ligula sapien, tincidunt at ex lobortis, consectetur aliquet nulla. Suspendisse auctor varius risus, et pellentesque neque fermentum id. Cras magna nibh, tincidunt nec ornare sit amet, tempus sollicitudin ante. Morbi eleifend maximus egestas. Cras porttitor elit at ex viverra, ac tincidunt lorem facilisis. Vestibulum at tortor ut orci auctor tincidunt. Vivamus in mi mauris.

Aenean ut rhoncus arcu, vitae aliquam libero. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus. Quisque lacinia velit tempus cursus sollicitudin. Nam euismod ipsum at nisi vulputate vestibulum. In et lectus ut quam tincidunt imperdiet at id nunc. Fusce porta erat molestie massa venenatis, vitae finibus felis semper. Nullam lacus enim, imperdiet a sodales vel, fermentum quis neque. Sed lacinia porta lacus, at vulputate dolor hendrerit sit amet. Donec eget rhoncus est. Proin auctor condimentum feugiat. Pellentesque lacus nunc, ultrices a tincidunt ac, vehicula at orci. Nullam porta nunc a sollicitudin scelerisque.

Nullam pulvinar erat massa, non lacinia tortor posuere vitae. Duis interdum dolor sed nisi scelerisque, sit amet efficitur ante pellentesque. Duis ultricies porttitor magna, vel rhoncus est accumsan sit amet. Vestibulum eu eleifend eros. Aenean at bibendum sem. Proin sit amet pulvinar nulla. Integer porta nec ante non tincidunt. In nec nisl turpis. Phasellus nulla augue, condimentum eu dolor maximus, aliquet condimentum ex. Nulla facilisi. Praesent aliquet molestie nibh, sit amet pharetra tellus volutpat id. Vestibulum accumsan neque purus, non bibendum mauris molestie nec. Integer vehicula, orci non mattis luctus, eros diam facilisis odio, ut scelerisque erat tortor et dui. Proin elementum dapibus lacinia. Morbi aliquam ex non turpis egestas condimentum. Praesent in pharetra libero.

Suspendisse eget condimentum leo, a finibus neque. Fusce gravida condimentum urna et sodales. Fusce id elit finibus, feugiat turpis maximus, fringilla eros. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Integer libero velit, lobortis at placerat nec, consectetur vitae mi. Quisque purus orci, posuere ac malesuada nec, tempor laoreet turpis. Pellentesque eleifend, mi vel tempor dignissim, urna leo tempus turpis, sit amet cursus justo mauris nec ex. In bibendum, augue eu finibus dictum, sapien est sollicitudin dolor, vel sagittis diam lacus vel eros. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus. Morbi dignissim est mauris. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus.

Fusce sodales mollis ante eu euismod. Aliquam commodo convallis laoreet. Etiam mollis sem nisi, in dignissim quam efficitur a. Quisque molestie erat ut elementum cursus. Donec et mauris tempor, molestie diam eu, eleifend sapien. Etiam ac viverra erat. Fusce tincidunt aliquam leo id tincidunt.
Falas | Pensamentos | Outros ©

avatar
Mensagens : 36
Data de inscrição : 07/07/2015
Morgan L. CunninghanCasa de Ravenclaw

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Finn Kölher O'Dochartaigh em Dom Nov 01, 2015 7:41 am


Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vestibulum dolor nibh, volutpat vitae tellus in, cursus mollis enim. In lobortis aliquam sapien, ac consequat quam faucibus ut. Quisque ipsum lorem, placerat quis placerat id, finibus id purus. Nullam arcu nibh, consequat vitae eros eget, aliquam eleifend mauris. Pellentesque sed gravida ante, eu efficitur eros. Nam condimentum velit augue, sit amet sollicitudin arcu fringilla sit amet. Quisque at ante tincidunt, fermentum arcu semper, tempus augue. Donec porttitor arcu elit, ut cursus mauris faucibus eu. Sed quis commodo risus, ac eleifend ante. Vestibulum consectetur ullamcorper augue. Phasellus fermentum, nunc et lobortis accumsan, sem velit volutpat massa, a placerat lacus enim a ipsum.

Phasellus ac metus ut orci iaculis mattis sed quis elit. Donec imperdiet turpis rhoncus erat pulvinar, tincidunt laoreet enim fringilla. Nulla facilisi. Praesent fermentum turpis viverra est pulvinar, nec dictum nisl pulvinar. Suspendisse sodales neque mi, sit amet blandit ligula aliquam vel. Curabitur egestas, mi eget auctor sodales, dui purus posuere tellus, nec placerat tellus risus sed magna. Integer ut nisl vitae purus pellentesque sagittis. In hac habitasse platea dictumst. Curabitur ut volutpat est, nec mollis enim. Aenean vel tristique lacus, et egestas massa. Vivamus dapibus nulla leo, non consectetur sapien semper in. Morbi a eleifend dolor. Vestibulum eget aliquet tellus, sit amet pellentesque enim. Aliquam maximus sem augue, non viverra mauris interdum eleifend. Fusce sed dui et ex facilisis lacinia mattis quis orci.

Phasellus tellus turpis, euismod imperdiet rhoncus a, tempor quis lorem. Aenean massa nisl, pharetra id dapibus sit amet, luctus eget nunc. Fusce laoreet est nunc. Donec vel feugiat nunc. Integer ex felis, sagittis id erat quis, blandit malesuada purus. Vestibulum et accumsan nibh. Donec a urna sagittis felis condimentum mollis. Duis felis purus, bibendum vitae nulla sed, ullamcorper finibus libero. Mauris fermentum ornare ante. Nam nec dictum nisi. Fusce scelerisque, orci in eleifend facilisis, urna ante egestas dolor, a rhoncus diam nisi at diam. Suspendisse lobortis arcu massa, sit amet auctor diam sodales eu. Vestibulum rhoncus dolor lorem, in laoreet dui imperdiet eu. Aenean in tellus scelerisque, cursus magna id, condimentum turpis.

Lorem ipsum dolor sit amet
©
avatar
Mensagens : 22
Data de inscrição : 22/08/2015
Finn Kölher O'DochartaighProfessor de Hogwarts

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Jessamine Wiliamson Black em Dom Nov 01, 2015 6:32 pm

short line of text
tag: name
words: ###
notes: blah blah blah
YOUR POST GOES HERE


Última edição por Jessamine Wiliamson Black em Dom Nov 01, 2015 8:02 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Mensagens : 17
Data de inscrição : 13/07/2015
Jessamine Wiliamson BlackMedibruxo do St. Mungus

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Margot W. Furtwängler em Dom Nov 01, 2015 7:20 pm

Teste.
avatar
Mensagens : 8
Data de inscrição : 01/11/2015
Margot W. FurtwänglerJornalista do Daily Prophet

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Madini Lahey Hallvor em Seg Nov 02, 2015 1:44 am

test


Última edição por Madini Lahey Hallvor em Qui Nov 26, 2015 12:15 am, editado 1 vez(es)
avatar
Mensagens : 1
Data de inscrição : 23/08/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Juliett Hertz Löhnhoff em Seg Nov 02, 2015 3:42 am

Código:
<link href='http://fonts.googleapis.com/css?family=Dancing+Script' rel='stylesheet' type='text/css'><link href='http://fonts.googleapis.com/css?family=Righteous' rel='stylesheet' type='text/css'><center><div style="width:380px;height:auto;background-image:url(https://taylorroserocks.files.wordpress.com/2012/11/cropped-flowers-psychedelic-trippy-favim.jpg);background-size:cover;padding:10px;"><div style="width:340px; background-color:#F5F5DC;padding:10px;color:#1b1d53;"><div style="width:330px; height:100px; border-radius: 0%;border:8px solid #F5F5DC; background-image:url(http://33.media.tumblr.com/c97852fd511afc250152ea33231e6931/tumblr_mi2itin0aB1riqgtko1_500.gif);background-size:cover; background-position:center;"></div><div style="-webkit-text-fill-color: transparent; background:url(https://taylorroserocks.files.wordpress.com/2012/11/cropped-flowers-psychedelic-trippy-favim.jpg);-webkit-background-clip: text; font-size: 40px; padding: 10px 8px 10px 8px;background-size:cover;font-family: dancing script;text-transform:lowercase; background-position:center;">TESTE</div></td><div style="font-family: Righteous; color: #000000; text-transform:uppercase; font-size:7px; letter-spacing:3px;">vamos lá eh teste teste</div></div></div><div style="width:360px; background-color:#F5F5DC;padding:20px;color:#1b1d53;font-family:calibri; font-size:12px; line-height:14px; text-align:justify;">


</div><div style="width:380px;height:auto;background-image:url(https://taylorroserocks.files.wordpress.com/2012/11/cropped-flowers-psychedelic-trippy-favim.jpg);background-size:cover;padding:10px;"><table><div style="padding-left: px;font-family: Righteous; color: #ffffff; text-transform:uppercase; font-size:7px; letter-spacing:1px;width:150px;text-align:justify;line-height:8px;">BLA</div></td></table></div>
[url=http://graphics-dreams.forumeiros.com/u4]▲[/url]</center>[code][/code]
avatar
Mensagens : 21
Data de inscrição : 28/10/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Michael D. Flitz em Seg Nov 02, 2015 8:03 am

Irmã Cool
avatar
Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/10/2015
Michael D. FlitzBruxos das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Michael D. Flitz em Seg Nov 02, 2015 8:13 am



❝Teste
I'm not a murderer
I always give them a chance to survive



O halloween no Brasil é chamado de Dia das Bruxas. Sua celebração acontece no dia 31 de outubro. Acredita-se que na passagem dessa noite as almas saem de seus túmulos e partem pelas ruas amedrontando todos aqueles que estão por perto.

O dia das bruxas se infiltrou em nossas comemorações de forma tímida, pois o Brasil, país que celebra as coisas boas da vida, não se vê em meio a festividade aos mortos. Apesar de sua pequena influência, pode ser vista em escolas, clubes, casas noturnas e shoppings de várias cidades, mas como dito anteriormente, não adquire força expressiva, já que nem o folclore local é efetivamente comemorado. Muitos nacionalistas dão créditos à influência do imperialismo cultural americano a vinda do halloween, assim, alguns brasileiros, localizados em São Luiz do Paraitinga, cidade paulista, decretou o dia 31 de outubro como o dia oficial do Saci Pererê em protesto à inclusão do Halloween. A maioria das manifestações critica a posição dos brasileiros em importar a cultura americana, já que o país tem grande diversidade folclórica que não é aproveitada e comemorada.

Apesar de todo o esforço da imprensa em destacar essa festividade norte-americana, os brasileiros não costumam festejar a data. É uma festa celebrada por poucos. No Rio de Janeiro as manifestações são caracterizadas por placas espalhadas pela cidade opondo tal prática e ainda em pedido ao retorno das considerações brasileiras, isto é, dar valor e importância às crenças nascidas no país, deixando manifestar o patriotismo dentro de nossa cultura.

Por Gabriela Cabral
Equipe Brasil Escola



avatar
Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/10/2015
Michael D. FlitzBruxos das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Sebastian Cowden Darrell em Ter Nov 03, 2015 3:01 am

Código:
<link href='http://fonts.googleapis.com/css?family=Source+Code+Pro:400,600' rel='stylesheet' type='text/css'> <style> .circthread2 {width: 350px; padding: 10px; background-color: #fff; border: 1px solid #eee; font: 8px source code pro; color:#bfbfbf; text-align: center; text-transform: uppercase;} .circthread2a {height: 80px; background-color:#25446C; text-align: center; } .circthread2c {position: relative; left: 107px; top: -68px; width: 110px; background-color:#25446C; color:#fff; padding: 5px; padding-left: 20px; z-index: 1;} .circthread2d {color:#000; text-align: justify; padding: 10px; text-transform: none; font: 10px calibri; margin-top: -35px;} .circcred {width: 350px; text-align: right;} .circcred a{font: 5pt source code pro; text-transform: uppercase;} </style> <center> <div class="circthread2"> <div class="circthread2a"></div><center><div style="background-image: url(https://v.cdn.vine.co/r/avatars/616746F2EF1248966934184779776_32ebcacdb69.4.6.jpg?versionId=ZXbO6cpo4uhAHXAn4R44oVkCEyGNfFf.); width: 120px; height: 120px; margin-top: -60px; border: 5px solid #fff; border-radius: 50%; background-position: center; background-size: cover; position: relative; z-index: 2;"> </div> <div class="circthread2c"> ### words for tag</div> <div class="circthread2d">
Salvia blog lomo, organic flexitarian Truffaut master cleanse tote bag bicycle rights mlkshk 3 wolf moon. Pour-over Cosby sweater ethical, Austin scenester flannel Tonx vegan trust fund Pitchfork cray tofu readymade McSweeney's. Organic hashtag tattooed, PBR fanny pack slow-carb pickled Neutra tousled Banksy. Fixie Thundercats VHS fashion axe semiotics Marfa. Irony cred art party, letterpress Intelligentsia jean shorts crucifix XOXO lomo salvia mixtape mustache. Freegan photo booth direct trade Godard banjo. Fap next level bicycle rights, roof party sustainable lomo Helvetica meh quinoa 90's selfies semiotics. . Artisan aesthetic beard, trust fund PBR disrupt gluten-free selvage single-origin coffee Echo Park pickled wayfarers. Bitters Carles mustache, XOXO biodiesel sartorial bespoke lomo viral artisan sustainable gastropub. IPhone locavore Intelligentsia synth, pickled 8-bit food truck cliche meggings raw denim cardigan paleo. Truffaut bespoke pickled, +1 paleo mixtape church-key jean shorts. Semiotics deep v wayfarers, kale chips 90's scenester tofu. Retro sartorial leggings, American Apparel High Life cardigan actually four loko literally Kickstarter hashtag pork belly cred.  Single-origin coffee direct trade dreamcatcher, butcher trust fund keytar tattooed. McSweeney's Carles Blue Bottle, fashion axe bicycle rights keytar actually street art iPhone butcher vinyl locavore you probably haven't heard of them chia. Schlitz sustainable Odd Future, hella selfies distillery Williamsburg drinking vinegar Wes Anderson actually. Tofu paleo cliche, dreamcatcher meggings fanny pack sustainable semiotics jean shorts heirloom actually bicycle rights freegan VHS mustache. Chia butcher retro, seitan lomo tattooed Cosby sweater flannel Austin tofu YOLO raw denim forage. YOLO messenger bag irony, narwhal farm-to-table pug Tonx photo booth pork belly +1 Portland. Freegan High Life direct trade, messenger bag asymmetrical Kickstarter Vice Tumblr hella.  Slow-carb semiotics scenester swag, stumptown Vice chillwave Brooklyn bicycle rights wolf mlkshk Shoreditch umami cardigan. Williamsburg Odd Future trust fund cray, semiotics organic cardigan ugh dreamcatcher synth mlkshk aesthetic locavore YOLO. Mustache paleo Pinterest typewriter tote bag selvage Marfa banjo, chillwave narwhal artisan scenester freegan Bushwick brunch. Bitters tofu pork belly occupy organic readymade. Banjo hashtag ugh, scenester Kickstarter wayfarers vegan. Occupy Cosby sweater retro distillery, XOXO semiotics crucifix Vice cliche Truffaut craft beer lo-fi. Readymade small batch scenester shabby. </div></div><div class="circcred"> <a href="http://shine.b1.jcink.com/index.php?showuser=3826">circe</a></div> </center>
avatar
Mensagens : 53
Data de inscrição : 19/10/2015
Idade : 18
Sebastian Cowden DarrellCasa de Ravenclaw

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Jason Snyder em Ter Nov 03, 2015 10:35 pm

Testando a sadness

avatar
Mensagens : 1
Data de inscrição : 03/11/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Cordélia M. Windsor em Sab Nov 07, 2015 3:05 pm

O coração delator
É
verdade! Nervoso, muito, muito nervoso mesmo eu estive e estou; mas por que você vai dizer que estou louco? A doença exacerbou meus sentidos, não os destruiu, não os embotou. Mais que os outros estava aguçado o sentido da audição. Ouvi todas as coisas no céu e na terra. Ouvi muitas coisas no inferno. Como então posso estar louco? Preste atenção! E observe com que sanidade, com que calma, posso lhe contar toda a história.

É impossível saber como a idéia penetrou pela primeira vez no meu cérebro, mas, uma vez concebida, ela me atormentou dia e noite. Objetivo não havia. Paixão não havia. Eu gostava do velho. Ele nunca me fez mal. Ele nunca me insultou. Seu ouro eu não desejava. Acho que era seu olho! É, era isso! Um de seus olhos parecia o de um abutre - um olho azul claro coberto por um véu. Sempre que caía sobre mim o meu sangue gelava, e então pouco a pouco, bem devagar, tomei a decisão de tirar a vida do velho, e com isso me livrar do olho, para sempre.

Agora esse é o ponto. O senhor acha que sou louco. Homens loucos de nada sabem. Mas deveria ter-me visto. Deveria ter visto com que sensatez eu agi — com que precaução —, com que prudência, com que dissimulação, pus mãos à obra! Nunca fui tão gentil com o velho como durante toda a semana antes de matá-lo. E todas as noites, por volta de meia-noite, eu girava o trinco da sua porta e a abria, ah, com tanta delicadeza! E então, quando tinha conseguido uma abertura suficiente para minha cabeça, punha lá dentro uma lanterna furta-fogo bem fechada, fechada para que nenhuma luz brilhasse, e então eu passava a cabeça. Ah! o senhor teria rido se visse com que habilidade eu a passava. Eu a movia devagar, muito, muito devagar, para não perturbar o sono do velho. Levava uma hora para passar a cabeça toda pela abertura, o mais à frente possível, para que pudesse vê-lo deitado em sua cama. Aha! Teria um louco sido assim tão esperto? E então, quando minha cabeça estava bem dentro do quarto, eu abria a lanterna com cuidado — ah!, com tanto cuidado! —, com cuidado (porque a dobradiça rangia), eu a abria só o suficiente para que um raiozinho fino de luz caísse sobre o olho do abutre. E fiz isso por sete longas noites, todas as noites à meia-noite em ponto, mas eu sempre encontrava o olho fechado, e então era impossível fazer o trabalho, porque não era o velho que me exasperava, e sim seu Olho Maligno. E todas as manhãs, quando o dia raiava, eu entrava corajosamente no quarto e falava Com ele cheio de coragem, chamando-o pelo nome em tom cordial e perguntando como tinha passado a noite. Então, o senhor vê que ele teria que ter sido, na verdade, um velho muito astuto, para suspeitar que todas as noites, à meia-noite em ponto, eu o observava enquanto dormia.

Na oitava noite, eu tomei um cuidado ainda maior ao abrir a porta. O ponteiro de minutos de um relógio se move mais depressa do que então a minha mão. Nunca antes daquela noite eu sentira a extensão de meus próprios poderes, de minha sagacidade. Eu mal conseguia conter meu sentimento de triunfo. Pensar que lá estava eu, abrindo pouco a pouco a porta, e ele sequer suspeitava de meus atos ou pensamentos secretos. Cheguei a rir com essa idéia, e ele talvez tenha ouvido, porque de repente se mexeu na cama como num sobressalto. Agora o senhor pode pensar que eu recuei — mas não. Seu quarto estava preto como breu com aquela escuridão espessa (porque as venezianas estavam bem fechadas, de medo de ladrões) e então eu soube que ele não poderia ver a porta sendo aberta e continuei a empurrá-la mais, e mais.

Minha cabeça estava dentro e eu quase abrindo a lanterna quando meu polegar deslizou sobre a lingüeta de metal e o velho deu um pulo na cama, gritando:

— Quem está aí?

Fiquei imóvel e em silêncio. Por uma hora inteira não movi um músculo, e durante esse tempo não o ouvi se deitar. Ele continuava sentado na cama, ouvindo bem como eu havia feito noite após noite prestando atenção aos relógios fúnebres na parede.

Nesse instante, ouvi um leve gemido, e eu soube que era o gemido do terror mortal. Não era um gemido de dor ou de tristeza — ah, não! era o som fraco e abafado que sobe do fundo da alma quando sobrecarregada de terror. Eu conhecia bem aquele som. Muitas noites, à meia-noite em ponto, ele brotara de meu próprio peito, aprofundando, com seu eco pavoroso, os terrores que me perturbavam. Digo que os conhecia bem. Eu sabia o que sentia o velho e me apiedava dele embora risse por dentro. Eu sabia que ele estivera desperto, desde o primeiro barulhinho, quando se virara na cama. Seus medos foram desde então crescendo dentro dele. Ele estivera tentando fazer de conta que eram infundados, mas não conseguira. Dissera consigo mesmo: "Isto não passa do vento na chaminé; é apenas um camundongo andando pelo chão", ou "É só um grilo cricrilando um pouco". É, ele estivera tentando confortar-se com tais suposições; mas descobrira ser tudo em vão. Tudo em vão, porque a Morte ao se aproximar o atacara de frente com sua sombra negra e com ela envolvera a vítima. E a fúnebre influência da despercebida sombra fizera com que sentisse, ainda que não visse ou ouvisse, sentisse a presença da minha cabeça dentro do quarto.

Quando já havia esperado por muito tempo e com muita paciência sem ouvi-lo se deitar, decidi abrir uma fenda — uma fenda muito, muito pequena na lanterna. Então eu a abri — o senhor não pode imaginar com que gestos furtivos, tão furtivos — até que afinal um único raio pálido como o fio da aranha brotou da fenda e caiu sobre o olho do abutre.

Ele estava aberto, muito, muito aberto, e fui ficando furioso enquanto o fitava. Eu o vi com perfeita clareza - todo de um azul fosco e coberto por um véu medonho que enregelou até a medula dos meus ossos, mas era tudo o que eu podia ver do rosto ou do corpo do velho, pois dirigira o raio, como por instinto, exatamente para o ponto maldito.

E agora, eu não lhe disse que aquilo que o senhor tomou por loucura não passava de hiperagudeza dos sentidos? Agora, repito, chegou a meus ouvidos um ruído baixo, surdo e rápido, algo como faz um relógio quando envolto em algodão. Eu também conhecia bem aquele som. Eram as batidas do coração do velho. Aquilo aumentou a minha fúria, como o bater do tambor instiga a coragem do soldado.

Mas mesmo então eu me contive e continuei imóvel. Quase não respirava. Segurava imóvel a lanterna. Tentei ao máximo possível manter o raio sobre o olho. Enquanto isso, aumentava o diabólico tamborilar do coração. Ficava a cada instante mais e mais rápido, mais e mais alto. O terror do velho deve ter sido extremo. Ficava mais alto, estou dizendo, mais alto a cada instante! — está me entendendo? Eu lhe disse que estou nervoso: estou mesmo. E agora, altas horas da noite, em meio ao silêncio pavoroso dessa casa velha, um ruído tão estranho quanto esse me levou ao terror incontrolável. Ainda assim por mais alguns minutos me contive e continuei imóvel. Mas as batidas ficaram mais altas, mais altas! Achei que o coração iria explodir. E agora uma nova ansiedade tomava conta de mim — o som seria ouvido por um vizinho! Chegara a hora do velho! Com um berro, abri por completo a lanterna e saltei para dentro do quarto. Ele deu um grito agudo — um só. Num instante, arrastei-o para o chão e derrubei sobre ele a cama pesada. Então sorri contente, ao ver meu ato tão adiantado. Mas por muitos minutos o coração bateu com um som amortecido. Aquilo, entretanto, não me exasperou; não seria ouvido através da parede. Por fim, cessou. O velho estava morto. Afastei a cama e examinei o cadáver. É, estava morto, bem morto. Pus a mão sobre seu coração e a mantive ali por muitos minutos. Não havia pulsação. Ele estava bem morto. Seu olho não me perturbaria mais.

Se ainda me acha louco, não mais pensará assim quando eu descrever as sensatas precauções que tomei para ocultar o corpo. A noite avançava, e trabalhei depressa, mas em silêncio. Antes de tudo desmembrei o cadáver. Separei a cabeça, os braços e as pernas.

Arranquei três tábuas do assoalho do quarto e depositei tudo entre as vigas. Recoloquei então as pranchas com tanta habilidade e astúcia que nenhum olho humano — nem mesmo o dele — poderia detectar algo de errado. Nada havia a ser lavado — nenhuma mancha de qualquer tipo — nenhuma marca de sangue. Eu fora muito cauteloso. Uma tina absorvera tudo - ha! ha!

Quando terminei todo aquele trabalho, eram quatro horas — ainda tão escuro quanto à meia-noite.
Quando o sino deu as horas, houve uma batida à porta da rua. Desci para abrir com o coração leve — pois o que tinha agora a temer? Entraram três homens, que se apresentaram, com perfeita suavidade, como oficiais de polícia. Um grito fora ouvido por um vizinho durante a noite; suspeitas de traição haviam sido levantadas; uma queixa fora apresentada à delegacia e eles (os policiais) haviam sido encarregados de examinar o local.

Sorri — pois o que tinha a temer? Dei as boas-vindas aos senhores. O grito, disse, fora meu, num sonho. O velho, mencionei, estava fora, no campo. Acompanhei minhas visitas por toda a casa. Incentivei-os a procurar — procurar bem. Levei-os, por fim, ao quarto dele. Mostrei-lhes seus tesouros, seguro, imperturbável. No entusiasmo de minha confiança, levei cadeiras para o quarto e convidei-os para ali descansarem de seus afazeres, enquanto eu mesmo, na louca audácia de um triunfo perfeito, instalei minha própria cadeira exatamente no ponto sob o qual repousava o cadáver da vítima.

Os oficiais estavam satisfeitos. Meus modos os haviam convencido. Eu estava bastante à vontade. Sentaram-se e, enquanto eu respondia animado, falaram de coisas familiares. Mas, pouco depois, senti que empalidecia e desejei que se fossem. Minha cabeça doía e me parecia sentir um zumbido nos ouvidos; mas eles continuavam sentados e continuavam a falar. O zumbido ficou mais claro — continuava e ficava mais claro: falei com mais vivacidade para me livrar da sensação: mas ela continuou e se instalou — até que, afinal, descobri que o barulho não estava dentro de meus ouvidos.

Sem dúvida agora fiquei muito pálido; mas falei com mais fluência, e em voz mais alta. Mas o som crescia - e o que eu podia fazer? Era um som baixo, surdo, rápido — muito parecido com o som que faz um relógio quando envolto em algodão. Arfei em busca de ar, e os policiais ainda não o ouviam. Falei mais depressa, com mais intensidade, mas o barulho continuava a crescer. Levantei-me e discuti sobre ninharias, num tom alto e gesticulando com ênfase; mas o barulho continuava a crescer. Por que eles não podiam ir embora? Andei de um lado para outro a passos largos e pesados, como se me enfurecessem as observações dos homens, mas o barulho continuava a crescer. Ai meu Deus! O que eu poderia fazer? Espumei — vociferei — xinguei! Sacudi a cadeira na qual estivera sentado e arrastei-a pelas tábuas, mas o barulho abafava tudo e continuava a crescer. Ficou mais alto — mais alto — mais alto! E os homens ainda conversavam animadamente, e sorriam. Seria possível que não ouvissem? Deus Todo-Poderoso! — não, não? Eles ouviam! — eles suspeitavam! — eles sabiam! - Eles estavam zombando do meu horror! — Assim pensei e assim penso. Mas qualquer coisa seria melhor do que essa agonia! Qualquer coisa seria mais tolerável do que esse escárnio. Eu não poderia suportar por mais tempo aqueles sorrisos hipócritas! Senti que precisava gritar ou morrer! — e agora — de novo — ouça! mais alto! mais alto! mais alto! mais alto!

— Miseráveis! — berrei — Não disfarcem mais! Admito o que fiz! levantem as pranchas! — aqui, aqui! — são as batidas do horrendo coração!

Edgar Allan Poe

avatar
Mensagens : 1
Data de inscrição : 24/10/2015
Idade : 21
Cordélia M. WindsorProfessor de Hogwarts

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste de Templates, Assinaturas e Avatares

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum